Nota de Repúdio


A CBTM e as Federações Estaduais, signatárias deste documento por intermédio de seus presidentes, repudiam as atitudes do senhor Paulo Santos Carneiro - e de todos que o apoiam nesse tipo de ação -, que, através do Facebook, fomentou diversas acusações infundadas e ofensas gravíssimas ao presidente da CBTM, Alaor Azevedo, inclusive com discurso de ódio, pedindo que pessoas fossem queimadas vivas.


Estes ataques, em realidade, atingem toda a comunidade do tênis de mesa e a instituição CBTM, seus colaboradores e prestadores de serviços. Ajudam a tirar a credibilidade da modalidade e atrapalham todos os esforços para alcançar uma maior participação no mercado esportivo.


Não bastasse ser a atitude digna de repúdio, obrigando a CBTM e o seu presidente a tomarem as medidas cabíveis, ela parte de um dirigente que atuou em todo o processo de gestão da modalidade há alguns anos, mas que levou um dos principais estados do país a não ter mais representatividade no cenário nacional, conforme demonstram os textos publicados no site oficial da Confederação (VEJA NO FINAL DESTA NOTA).


Vale lembrar que fazemos parte da Assembleia Geral da CBTM e temos acesso, assim como todos os mesa-tenistas, a todas as contas da entidade, seus contratos, licitações e documentação pertinente, disponibilizada através de site oficial.


Nos últimos anos, a CBTM vem abrindo diálogo com todos, participação cada vez maior da comunidade, em todos os setores: atletas, treinadores, árbitros, clubes, academias, ligas e federações.


Entendemos que o tênis de mesa precisa de união, diálogo, propostas e muito trabalho para evoluir. E não de ações ou atitudes de pessoas que visam promover a desordem. Foto e texto: CBTM - Confederação Brasileira de Tênis de Mesa. Link: https://www.cbtm.org.br/noticia/detalhe/98175


47 visualizações0 comentário

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS FEDERAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DE TÊNIS DE MESA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL