UFRGS oferece bolsa-auxílio para desenvolver o tênis de mesa na instituição


É durante o período em que se frequenta a universidade que muitos descobrem o tênis de mesa, afinal de contas, quem nunca jogou um pouco em algum diretório acadêmico da sua instituição? Alguns diretórios possuem uma mesa de tênis de mesa, além das tradicionais mesas de sinuca e fla-flu, e durante os intervalos entre as aulas os estudantes se reúnem para bater uma bola. Nessa confraternização os acadêmicos se interessam pela modalidade e buscam locais para poder treinar e aperfeiçoar o seu jogo.

A UFRGS, atual bicampeã estadual dos Jogos Universitários Gaúchos - JUGS, disponibilizou neste segundo semestre de 2017 uma bolsa de auxílio financeiro para que algum acadêmico trabalhasse o tênis de mesa dentro da instituição, organizando treinamentos, torneios e eventos para fomentar a modalidade.

De 2014 para cá houve um grande movimento por parte dos universitários para promover o tênis de mesa, só na UFRGS foram cerca de oito torneios nesse meio tempo, sendo que o I Aberto da Favet reuniu 40 participantes. Além disso, o tênis de mesa retornou como modalidade oferecida nos JUGS e nos Jogos Universitários Brasileiros – JUBS.


Parte da equipe da UFRGS no Campeonato Estadual 2017 - Foto: Marco Dillenburg

Com muitos alunos procurando crescer no esporte e se mostrando interessados, a Divisão de Esportes da UFRGS lançou a ideia da bolsa para que algum aluno se compromete-se a ficar responsável pela modalidade. O contemplado foi Gustavo Henrique Ramos da Silva, atleta federado pela ACENB-Ivoti e estudante do curso de Bacharelado em Matemática – Ênfase Matemática Aplicada Computacional.

A FTMRS parabeniza o aluno pela conquista, e agradece à Divisão de Esportes da UFRGS por acreditar no tênis de mesa como modalidade universitária. Leia abaixo a entrevista com Gustavo, o novo técnico de tênis de mesa da UFRGS:

1- Qual é a importância de haver uma bolsa dentro da UFRGS para desenvolver o esporte?

Gustavo: Essa bolsa dentro da UFRGS abre muitas portas para o esporte e para os universitários, o esporte está num momento muito bom dentro do estado, com surgimento de novos núcleos de tênis de mesa e com a consolidação de equipes já em desenvolvimento, atletas gaúchos conquistando boas colocações em campeonatos nacionais. A Influência imediata da abertura dessa bolsa dentro da UFRGS é justamente oferecer mais uma uma opção de esporte extremamente saudável e democrático para universitários e servidores, como sabemos a vida de universitário é muito pesada e estressante, esse cotidiano pede por uma válvula de escape para o estresse, e muitas vezes buscamos o esporte para cumprir esse papel, já temos relatos de atletas/alunos que começaram a se sentir melhor em aula e até notaram uma mudança positiva no desempenho escolar, é muito legal saber disso de atletas que estão ali contigo treinando algumas horas por semana, e saber que está gerando ótimos resultados. Esta bolsa também oferece uma alternativa de hobby para os vinculados à UFRGS e também aumenta o número de pessoas que tem um primeiro contato com o esporte, além de oferecer espaço e técnico para aqueles que buscam um rendimento melhor no esporte.

2 - Qual a tua expectativa em relação ao trabalho a ser desenvolvido?

O foco do nosso trabalho é conseguir ampliar o número de praticantes e apoiadores do esporte na universidade e visamos também a concretização de uma Equipe de Tênis de Mesa da UFRGS, estes são os dois objetivos principais. Durante este processo buscamos criar uma boa relação com os órgãos da UFRGS e com os alunos, e assim poder avançar gradualmente atrás de nossos objetivos. Como começamos os trabalhos há pouco tempo estamos nos organizando para conseguirmos um espaço adequado e fixo para realizar os treinos, materiais melhores para os treinos e também estamos realizando uma divulgação forte do tênis de mesa dentro da universidade, aliando nossos objetivos com uma boa relação com a universidade tornamos mais saudável nosso crescimento dentro da UFRGS.

3 - Quais os benefícios de se praticar tênis de mesa durante a graduação?

Ao se falar de tênis de mesa já pensamos nos inúmeros benefícios para a vida, então para um estudante nem se fala, eu não saberia listar todos, mas vou comentar alguns, quando praticamos tênis de mesa adquirimos um autoconhecimento tanto psicológico como corporal muito grande, pois durante a prática temos que desenvolver a habilidade de “ler” nosso próprio corpo, principalmente a postura e a musculatura, e também interpretar e saber controlar da melhor forma possível o que estamos sentindo e pensando, esses aspectos acho que são os principais, aí vem suas consequências como a conquista de uma coordenação motora mais apurada, principalmente a coordenação motora ‘fina’, conseguimos alcançar uma estabilidade emocional melhor, logo lidamos melhor com as adversidades que a vida nos apresenta. Todos estes itens no ambiente escolar têm links diretos com o desempenho dos alunos, possibilitando ao aluno de se autoconhecer e com isso saber seu jeito de aprender, de se relacionar, e principalmente de possuir determinação para alcançar seus objetivos no esporte e nos estudos. Sem falar que aprimoramos nossa concentração, determinação, atenção, senso de espaço, apuração dos sentidos e reação rápida. Os benefícios para a saúde física são notórios perda de peso, aumento de massa magra, resistência, elasticidade, habilidade e por aí vai. O tênis de mesa é uma porta para a mudança no estilo de vida e também uma possibilidade de melhorar a qualidade de vida! Experimente este esporte!

#UFRGS #DivisãodeEsportes #tênisdemesagaúcho #tenisdemesauniversitário #GustavoSilva

0 visualização

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS FEDERAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DE TÊNIS DE MESA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL