TODOS OS DIREITOS RESERVADOS FEDERAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DE TÊNIS DE MESA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Hugo Calderano faz história mais uma vez: vice-campeão do Aberto do Catar



Hugo Calderano, atleta brasileiro de 21 anos, participou nesse último fim de semana do Aberto do Catar, evento de nível Platinum do circuito mundial, considerado um Grad Slam da modalidade. Hugo iniciou a competição como número 15 do ranking mundial e foi designado com um dos cabeças de chave do evento. Na primeira partida o brasileiro venceu o atleta Lim Jonghoon (KOR) de forma convincente pelo placar de 4 x 1 (11/1, 11/7, 11/9, 11/13 e 11/5).

Nas oitavas Hugo reencontrou Timo Boll, atleta alemão que ocupava a primeira posição do ranking mundial. O atleta do Liebherr Ochsenhausen mostrou o seu potencial em uma partida impecável contra uma das lendas do esporte: Calderano venceu a partida de forma incontestável pelo placar de 4 x 1 (11/9, 11/9, 11/8, 7/11 e 12/10).

No jogo seguinte, valendo vaga para a semifinal, o brasileiro reencontrou Tomokazu Harimoto, campeão japonês de apenas 14 anos e que estava na décima segunda posição do ranking antes do início do torneio. Em outras oportunidades, Calderano tinha sido derrotado pelo prodígio japonês, mas dessa vez Hugo conseguiu impor o seu jogo e não deu chances ao adversário: a vitória veio pelo placar esmagador de 4 x 0 (11/5, 11/6, 11/6 e 11/7).

Pela semifinal, foi a vez de Lin Gayouan (China) conhecer o talento do jovem brasileiro. Hugo conseguiu novamente impor o seu estilo agressivo em cima da mesa e venceu o quarto melhor atleta do mundo de maneira impressionante: 4 x 0 (11/9, 11/8, 11/3 e 11/6).

No domingo (11/03), foi a vez de Hugo enfrentar Fan Zhendong, outro forte atleta chinês. Fan iniciou o torneio como segundo melhor atleta a nível mundial, porém devido ao seu talento e recentes conquistas, é considerado o melhor atleta da atualidade. Durante o jogo da grande final, Calderano começou muito bem os dois primeiros sets, mas o atleta chinês manteve a calma e conseguiu reverter a situação a seu favor, fechando o jogo em 4 x 0 (11/13, 12/10, 7/11 e 7/11). Já é o segundo torneio que o brasileiro aparece com mais três chineses entre os quatro melhores atletas da competição.

Com esse resultado, e com o terceiro lugar conquistado no Aberto da Hungria, Hugo deve aparecer na próxima listagem entre os dez melhores atletas do ranking mundial! A FTMRS parabeniza o atleta da seleção brasileira por mais esse feito histórico, é devido ao seu esforço e ao de outros atletas que o tênis de mesa brasileiro está sendo cada vez mais conhecido e respeitado!

Foto: CBTM

#HugoCalderano #Tenisdemesagaucho #tenisdemesabrasileiro #AbertodoCatar #FanZhendong #Harimoto #TimoBoll #FTMRS #Ochsenhausen

74 visualizações