TODOS OS DIREITOS RESERVADOS FEDERAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DE TÊNIS DE MESA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Especial Ano Olímpico – Leonardo dos Santos


Nome: Leonardo Yuri dos Santos

Empunhadura: Clássica

Equipe: A/Rampa

1- Quando começou a prática do tênis de mesa? Por qual motivo?

Eu comecei a jogar o tênis de mesa na escola, como diversão nas aulas de educação física. Na 8° série, eu era colega de um amigo que jogava na A/Rampa, mas tinha parado, e em uma aula eu vi ele jogando e a partir dali eu queria aprender a fazer o que ele fazia. Trocando mensagens com ele, um sábado ele me levou no Sesi para conhecer o professor Alexon, e foi ai que gostei do esporte e comecei a frequentar os treinos.

2- Qual o campeonato mais marcante na tua carreira?

O campeonato que mais me marcou foi o Campeonato Brasileiro de Verão em Lauro de Freitas-BA, pois uns 6 meses antes eu havia jogado uma Copa Brasil, e não havia ganhado um set, e neste campeonato brasileiro, eu consegui jogar bem, apesar dos problemas familiares ( minha avó estava bem doente e minha mãe passava por uma fase difícil em relação a custos da viagem), eu consegui focar no torneio e ganhar 4 partidas, sendo duas delas na categoria Absoluto C, três categorias acima da minha na época.

3- Quem é o teu ídolo no mundo dos esportes?

O meu ídolo passou a ser o Hugo Calderano, após essa brilhante participação dele nos Jogos do Rio 2016, o que esse garoto de 20 anos fez é digno de respeito. O que eu vi o Hugo fazer em jogos de Olimpíada, para mim foi espetacular, e o jeito como jogou, a pessoa que é, o caráter que tem, são poucas pessoas que são capazes de fazer o que o Hugo fez, e ele tem muito a mostrar ainda, guardem esse nome.

4- Comente sobre uma edição dos Jogos Olímpicos que foi inesquecível para ti.

Como eu só me recordo de duas Olimpíadas, a de Londres e essa do Rio, a que mais me marcou foi esta do Rio, não só pelo tênis de mesa, mas ver que o nível das modalidades está muito elevado, ver que nem sempre o favorito vai ganhar, essa Olimpíada me mostrou que tudo pode acontecer, basta acreditar.

5- Tens um sonho ou objetivo relacionado ao tênis de mesa?

O meu sonho é conquistar um campeonato brasileiro e ser o melhor da minha categoria à nível estadual, e se eu não conseguir esses feitos, eu gostaria de ajudar outras pessoas a realizarem isso.


Foto: Marco Dill


6 visualizações